O PROCESSO

Muito além da habilidade artesanal, lidar com o Jupati tem seus segredos. O catador vai pro mato na escura,
com a maré grande, entra no igarapé pra cortar o Jupati mergulhado, e não pode cortar no luar!
Saiba cada etapa deste processo carregado de crendices.

1

COLETA DOS BRAÇOS DO JUPATIZEIRO

Função normalmente desenvolvida por homens por exigir destreza na mata e força para subir na árvore e extrair os braços da palmeira.

2

RASPAGEM

Inicia o delicado trabalho de retirar as fibras do interior do talo do jupatizeiro e posterior raspagem dos resíduos que elas possuem.

3

SECAGEM DOS FIOS

Para que a anilina fixe bem na fibra, após o processo de tingimento, ela precisa secar à sombra por algumas horas.

4

TINGIMENTO

Para reproduzir a rica cartela de cores que as artesãs costumam trabalhar, é necessário tingir a fibra com anilina.

5

CONFECÇÃO DAS TRAMAS

Com as fibras prontas e a cartela de cores que lhes é peculiar as artesãs iniciam a confecção dos produtos.



ONDE ESTAMOS

Ilha Chaves - São Sebastião da Boa Vista
arquipélago do marajó - pa

+55 (91) 99287-3858
Patrocínio
Patrocínio Patrocínio
Este projeto foi contemplado pelo programa Amazônia Cultural 2013.
O programa Amazônia Cultural, do Ministério da Cultura (MinC), tem o objetivo de fomentar e difundir ações da cultura brasileira na Região Norte. Este site é parte dos resultados do projeto "Mulheres da fibra do Jupati: tecendo a vida com arte" contemplado por este edital, em 2013.
Copyright 2015. Direitos Reservados